29 de outubro de 2009

Visões do seu Futuro

A grande maioria das pessoas passa a vida “tentando”. Porém, mesmo sendo esforçadas e dedicadas, simplesmente parece que a “sorte” não coopera. Elas vão de um lado para outro, de uma atividade para outra, sempre com esperança naquele novo e infalível projeto...que nunca conseguem realmente concluir com sucesso. Por quê? A resposta é simples: a grande maioria das pessoas não sabe, realmente, o que quer!
Parece óbvio, mas lembre-se, antes de decolarmos para qualquer missão é essencial conhecermos, e muito bem, qual é o destino!
Em relação a nossa vida, para sabermos exatamente o que queremos, é muito importante sonharmos com as possibilidades antes de escolhermos um “destino” que realmente nos inspire e motive em todas as nossas atividades, do começo ao fim!
Todos nós temos um propósito comum nessa vida: a “missão” de ser feliz, ter muito sucesso e ajudar a outras pessoas!
Quando somos crianças, todos nós temos a capacidade de sonhar, sem inibições, sem barreiras, sem limites. Exigimos o que queremos da nossa vida. Temos o prazer de viver as nossas “fantasias” em nossas mentes. Deixamos fluir, deixamos o nosso verdadeiro “eu” nos dizer exatamente o que queremos. Porém, em algum lugar do nosso passado aparece a sociedade para nos moldar e encaixar em alguma de suas prateleiras.
Quebre as correntes e deixe fluir os seus sonhos! O segredo é ganhar a vida fazendo exatamente o que gosta. Trabalhando exatamente na direção do que você nasceu para realizar. Seja você mesmo! Não tente viver como um ator para satisfazer as expectativas de outras pessoas. A felicidade está na paisagem e nas flores que enfeitam o caminho correto. Aquele caminho que só você conhece para a sua vida.
Portanto, invista em você e sonhe! Sonhe muito e sonhe grande! Descubra o seu verdadeiro propósito de vida e visualize o seu sucesso! Conte com a natureza. Tudo irá sempre “conspirar” na direção dos seus pensamentos!
O seu futuro será exatamente como você espera. Seja isso bom ou ruim.
por Marcos Pontes
Colunista, professor e primeiro astronauta profissional lusófono a orbitar o planeta, começou como eletricista aprendiz da RFFSA aos 14 anos, em Bauru (SP), para se tornar oficial aviador da Força Aérea Brasileira (FAB), piloto de caça, instrutor, líder de esquadrilha, engenheiro aeronáutico formado pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), piloto de testes de aeronaves do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), mestre em Engenharia de Sistemas graduado pela Naval Postgraduate School (NPS USNAVY, Monterey - CA).

27 de outubro de 2009

... !



23 de outubro de 2009

Mude!

19 de outubro de 2009

Marketing é "Romance e Sedução"

As marcas tem como objetivo construir um relacionamento cada vez mais familiar com os consumidores. A relação formal, calculista e comercial está ultrapassada e o século XXI foi marcado pela proximidade. Entendo que várias têm sido as analogias criadas entre o ‘Marketing' e a Sedução.
Encontramos vários exemplos virados para a obtenção imediatista de vendas, confundindo-se "sedução" com "engate". Ou seja, dá-se ênfase à venda, e normalmente secundariza-se todo o processo de criar, cimentar e de desenvolver uma relação de longo prazo mutuamente satisfatória.
O consumidor está de olho e nosso maior objetivo como profissionais de Marketing é enraizar a idéia de que é muito mais marcante o "Romance" e a "Sedução" na arte da conquista ao seu prospect do que simplesmente algo casual e sem interesse!
por Alceu Cruz

14 de outubro de 2009

Felicidade???

Não possuir alguma das coisas
que desejamos é parte indispensável
da felicidade. por Bertrand Russell

13 de outubro de 2009

O que Deus, Omo e os bombeiros têm em comum?

A oitava edição da pesquisa Marcas de Confiança, realizada pela revista Seleções, em parceria com o Ibope Inteligência, confirmou que o brasileiro ainda é bastante fiel às marcas tradicionais, como a Nestlé, grande vencedora de 2009, com 18% dos votos, e eleita a marca de maior confiança pelos 1.500 entrevistados. Essa foi a segunda vitória consecutiva da empresa nessa categoria. Segundo Malu Zacarias, diretora de publicidade da Seleções, mesmo com o consumidor experimentando outras marcas, a que ganha confiança acaba se mantendo. “As marcas de maior confiança oscilam dentro do percentual justamente por causa dessa experimentação, feita normalmente por questões de custo. Mas isso não faz com que as marcas tradicionais percam suas colocações”, diz a executiva.
O estudo é dividido em duas formas, no que diz respeito às marcas, a pergunta é direta, como, por exemplo, “qual a melhor marca de sabão em pó”. Neste ano, Omo ficou com o título, sendo lembrada por 80% dos pesquisados.
Já o resultado de instituições, personalidades e profissões é feito de forma estimulada, ou seja, primeiro é feita uma pesquisa com jornalistas, que destacam dez nomes em cada categoria: Profissões, Jornalistas, Apresentadores, Artistas, Cantores, Autores de Livros, Esportistas, Executivos, Executivos, Publicitários e Outros. Depois disso, a população escolhe dentre esses nomes os que inspiram mais confiança. Em 2009, o publicitário Washington Olivetto passou o troféu para Roberto Justus, que obteve 50% dos votos. Agora, Olivetto faz parte do Hall da Confiança, formado por pessoas que venceram a pesquisa por três vezes consecutivas, como Roberto Carlos e Milton Nascimento (cantores), Fernanda Montenergro (artista), Jô Soares (apresentador), Luís Fernando Veríssimo (escritor) e Antônio Ermírio de Moraes (executivo).
Unanimidade desde a primeira edição, a profissão de bombeiro foi eleita a mais confiável, com 97% dos votos. Foi a segunda maior pontuação, ficando apenas abaixo de Deus, que foi lembrado por 98% das pessoas na categoria Outros. “A categoria em que entra Deus é uma curiosidade, perguntamos em quem a pessoa mais confia, como vizinho, filhos, sogro, sogra, marido, esposa, Deus. Isso reflete a forte ligação que o brasileiro tem com as religiões”, comenta Malu.
De acordo com a diretora de publicidade, a pesquisa é benéfica tanto para a revista quanto para os vencedores, que podem utilizar o selo em toda a sua comunicação. “Para nós, da revista, é um momento especial de contato com anunciantes, prospects e clientes. Para a marca, é a condecoração por livre e espontânea vontade. Isso sela a relação de confiança que o leitor tem com a revista e mostra a seriedade desse trabalho.”

9 de outubro de 2009

Marketing no Dia das Crianças

O mercado espera bons resultados para o Dia das Crianças. A quinta data mais importante do varejo movimenta, além das lojas de brinquedos, os segmentos de vestuário e calçados infantis, artigos esportivos, eletrônicos, celulares, alimentação e lazer. De acordo com a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), as vendas do setor devem registrar um aumento de 6% em relação ao mesmo período do ano passado.
No entanto, a previsão é de que as crianças ganhem presentes mais baratos. É o que indica um levantamento feito pelo Dotz com cerca de 6.500 consumidores. Já o e-commerce mostra-se otimista em relação à data. Segundo o e-bit, o tíquete médio deve chegar a R$ 340, com um crescimento de 7% em comparação a 2008. No varejo tradicional, apenas 20% dos entrevistados pelo Dotz afirmaram que gastarão mais de R$ 150. A maioria (34%) disse que comprará presentes de até R$ 50.
Ainda segundo o e-bit, que espera um crescimento de 25% no faturamento, alcançando os R$ 450 milhões, os presentes preferidos pela garotada serão os eletrônicos. Estarão em alta computadores, notebooks, videogames e aparelhos de MP3 e MP4. Mas a categoria brinquedos não pode ser deixada de lado. Produtos tradicionais como bonecas e carrinhos ainda ocupam um lugar de destaque no ranking dos mais desejados.
ações de Marketing para a data
:: A Casas Bahia lançou um hotsite desenvolvido para o público infantil: A Fantástica Casa do Bahianinho. No site, o concurso cultural “Meu filho, Meu talento!” convida as crianças a mostrarem o seu talento e soltar a criatividade em vídeos divertidos. Basta produzir um filme de no máximo dois minutos com um registro da criança e cadastrá-lo no endereço www.casasbahia.com.br/dia-das-criancas. Os próprios internautas escolherão os melhores por meio de uma votação e os três mais votados ganharão videogames.
:: O Zura! pede que o internauta complete a frase “Ser criança é...”. O autor da resposta mais criativa ganhará um Playstation 3 e um Rock Band. Para a ação, foi desenvolvido o hotsite www.zura.com.br/diadascriancas2009. O endereço ainda lista os produtos mais desejados pelo público infantil e relaciona presentes por personagens. Quem indicar mais amigos pode levar ainda um iPod Touch II 8GB.
:: O Decolar.com criou pacotes especiais para o Dia das Crianças, incluindo transporte aéreo, hospedagem e outros serviços. Para adquirir, basta acessar o link www.decolar.com/paginas/seccionesEspeciales/dia_das_criancas_BR_1333.html. Entre as sugestões do Decolar.com estão pacotes para as Cordilheiras dos Andes a partir de US$ 714 e para Orlando por US$ 1.990. Quem preferir conhecer as cidades brasileiras pode optar pelos roteiros especiais para Angra dos Reis, Atibaia, Paraty, Ubatuba, Mogi das Cruzes e Guarujá.
:: Além disso, a marca levará duas crianças para o Beto Carrero World em parceria com a Bom Grillê. Para participar do desafio cultural “Viagem Mágica” basta fazer um pedido em qualquer uma das lojas da rede de restaurantes e enviar uma frase com “Bom Grillê” e “Decolar.com” para o hotsite da promoção. Outras informações em http://www.bongrille.com.br/.
:: O Applebee’s faz um desafio para as crianças em parceria com a Faber-Castell. Até o dia 12, meninos e meninas de três a 10 anos poderão fazer desenhos inspirados nos personagens que representam a rede: Big Apple e Little Bee. Para a ação, foram criadas quatro categorias: 3 e 4 anos, 5 e 6 anos, 7 e 8 anos e 9 e 10 anos. Os melhores desenhos de cada faixa etária e de cada restaurante serão premiados com kits da Faber-Castell (foto). O resultado sai no dia 20, no site http://www.applebees.com.br/.
:: A Happy Town do ParkShopping Barigui, de Curitiba, faz uma promoção em parceria com o portal http://www.hagah.com.br/ que dará um bichinho de pelúcua no valor de R$ 100 para o autor da melhor resposta à pergunta “Que amiguinho Happy Town você gostaria de fazer no Dia das Crianças?”. Quem descobrir qual é a criança famosa que aparece no blog “Meu Hagah” também concorre a mais um bichinho no valor de R$ 100.
:: A Kopenhagen ampliou a linha infantil Koperaltas, que ganha dois novos produtos (foto). Para as meninas, chocolates em forma de sapatos e bolsas, já para os meninos figuras de chocolate em formato de dinossauros. A linha tem ainda outras 13 opções de produtos, que inclui produtos da marca em versões menores e em embalagens personalizadas, como Língua de Gato e Chumbinho.
:: Quem abastecer em um dos postos da Rede Forza com mais de 20 litros de combustível líquido ou 10 metros cúbicos de gás natural pode levar um DVD do Bob Esponja por R$ 5,90. São quatro DVDs diferentes para colecionar.
:: A PBKids e a Homeplay presenteiam duas crianças com um voo panorâmico pela cidade de São Paulo. Para concorrer ao prêmio é preciso acessar o site http://www.pbkids.com.br/, imprimir o desenho do helicóptero e colorir a imagem. Os autores das duas melhores pinturas serão presenteados com o voo de helicóptero.
:: O Submarino faz o seu especial para o Dia das Crianças. O site oferece sugestões de presentes para crianças de todas as idades com descontos especiais para a data. Para facilitar a navegação, os itens estão divididos por categorias desde brinquedos como bonecos, eletrônicos e bicicletas a games como Playstation, Nintendo Wii e Xbox. O layout da página ainda permite que os pequenos internautas escolham o seu avatar durante a navegação. Outra novidade é que a criança pode escolher três opções de presentes e mandar um e-mail para uma pessoa receber as sugestões.
:: No último dia 3, a Tam realizou uma sessão fechada do CineTam, no Shopping Morumbi, para a exibição do filme “Ta chovendo hambúrguer”. A sessão foi exclusiva para convidados do Tam Kids, programa de relacionamento da companhia. Amanhã, dia 9, a empresa ainda distribuirá uma sacola com balas da Arcor para os clientes de voos entre Congonhas (SP), Confins (MG), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS) e Florianópolis (SC).
:: O Omo prepara uma surpresa para pais e filhos no Dia das Crianças. O pai que acessar o site da marca no dia 12 receberá um convite especial para levar o seu filho para brincar nos parques de suas cidades. Omo também fará anúncios com o mesmo convite em outros sites voltados a este público e no programa Mais Você, da Rede Globo. A ação ainda incentivará os pais a levarem câmeras fotográficas para registrarem o passeio e participarem do concurso de foto que terá início no dia 13. As fotos poderão ser postadas no site da marca para serem votadas pelos internautas. O ganhador recebe uma gangorra especial. O regulamento completo estará disponível a partir do dia 13 no link http://www.omo.com.br/sobre-o-concurso/regulamento.

2 de outubro de 2009

Destination Branding

Estava lendo uma matéria muito bacana no Blog da G8 Design sobre algo que estou apostando muito para Curitiba, vale a pena ler para saber mais!

Branding destination é mais um segmento do marketing que vem ganhando espaço e popularidade no exterior e que pode ser uma boa solução para países em desenvolvimento atraírem investidores, alavancar suas exportações e aumentar seu turismo.
Há oito anos no Brasil, a Interbrand é uma consultoria estratégica de marcas presente em 20 países que, além de criar marcas – no Brasil, a Interbrand possui 15 clientes, entre eles, Votorantim, Sadia e Braskem – também oferece o serviço de destination branding.
Geralmente, é feita uma parceria entre governo e empresas privadas que desenvolvem projetos para ressaltar os pontos positivos da localidade sem mascarar, mas também sem salientar, os problemas locais. “É preciso ter em mente o que você quer ser no futuro e prestar atenção nos atrativos do local. É muito importante, porém, não ignorar os problemas locais, como doenças, diferenças sociais e criminalidade”, diz Graham Hales, diretor de comunicação da Interbrand Global.
Um exemplo de país que está trabalhando sua imagem, apesar das diversidades sociais, é a Guatemala. A Estônia também trabalhou sua imagem assim que se separou da União Soviética. Londres é outro exemplo de cidade que faz destination branding assim que percebeu que estava perdendo espaço para outras capitais européias. “Londres muda muito de uma rua para outra, não apenas a arquitetura, mas também o estilo de vida das pessoas. Isso atrai o turismo e não somente o Palácio de Buckingham, que era o que as pessoas conheciam da cidade”, explica Hales.
No caso do Brasil, não há nenhum projeto de destination branding em vista, mas, segundo Hales, o momento é oportuno para isso. “A economia do Brasil está forte e estável no momento e isso é muito bom para cidades como São Paulo e Rio de Janeiro se tornarem mais atrativas do que são para o turismo e investidores”.
É fato de o Brasil ser reconhecido pelo resto do mundo pelo carnaval, futebol e suas praias, mas para Alejandro Pinedo, diretor executivo da Interbrand Brasil, o País tem outros potenciais a serem explorados. “O Brasil não é bem representado lá fora e isso é uma coisa que precisa ser mudada. É preciso mostrar os outros aspectos positivos do País como seus designers, sua arquitetura e moda, e não apenas o futebol”, diz Pinedo.
Apesar do Brasil ter que se desatrelar ad sua imagem do futebol, o esporte pode ser um caminho para o País trabalhar seu destination branding. “A Copa do Mundo de 2014 é um ótimo momento para o Brasil mostrar ao mundo o que tem de bom e, por isso, o destination branding deve começar agora, para que em 2014 a sua imagem já esteja consolidada e que o evento funcione como uma boa vitrine”, sentencia Hales.
A China é um exemplo de país que usa um evento esportivo – Olimpíadas de Pequim 2008 – para fazer seu branding. “Há muita publicidade negativa por conta das questões sociais. Reputação é uma coisa que você tem independente de querer ou não. A questão é você saber como quer ser visto pelos outros e o que suas ações estão colaborando para isso”, informa Hales.
O tempo de duração do processo de branding, e não somente destination branding, é permanente porque, segundo Hales, “é preciso sempre se aprimorar, buscar o melhor. É preciso envolver todas as atrações do passado, presente e futuro”.
Com relação ao custo do destination branding é algo que não é possível calcular, segundo Hales. “Tudo depende do objetivo, do momento e do tempo. Pode ser um acordo entre governo e empresas privadas e cada detalhe influencia no preço”.

*fonte: www.propmark.com.br por Maria Fernanda Malozzi